NOTÍCIAS

blogpost

A CNTE convoca o dia 13 de agosto para um dia nacional de luta contra a Reforma da Previdência. 

Segundo avaliação de Heleno Araújo, presidente da CNTE, os professores são os mais atingidos com a proposta do governo Bolsonaro, principalmente as professoras, que compõem 80% da categoria do magistério de nível básico no país. "A aposentadoria especial do magistério praticamente acaba com a reforma, sobretudo para as professoras, tendo que contribuir por dez anos a mais no regime celetista e 5 anos extras nos regimes próprios".

 

"Enquanto eu luto, sou movido pela esperança. E se eu lutar com esperança, posso esperar". (Paulo Freire, 1991-1997)